55 51 2103.1323 Rua Vilela Tavares, 63 - São João - Porto Alegre/RS | veja nossas filiais

Mídia

Transportadora da Vida

O GRUPO DARCY PACHECO, preocupado com questões sociais, incluindo aquelas relacionadas ao bem estar de seus colaboradores e atento ao constante crescimento da violência no trânsito, aderiu na última sexta feira dia 26/04/2013 ao PROGRAMA TRANSPORTADORA DA VIDA desenvolvido pela Fundação Thiago de Moraes Gonzaga em parceria com o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul – SETCERGS.

Foto: Reunião dos representantes do GRUPO DARCY PACHECO na Fundação Thiago de Moraes Gonzaga com a Coordenadora Programa Transportadora da Vida, Ane Caroline de Oliveira e a Coordenadora de Responsabilidade Social do SETCERGS, Janete da Fontoura.

Crédito da foto: Aline Trindade / FTMG

Desde 2006 o PROGRAMA TRANSPORTADORA DA VIDA tem como meta, desenvolver nas empresas participantes diversas políticas de prevenção e segurança no trânsito integrando os seus processos administrativos com atividades de treinamento e desenvolvimento dos seus colaboradores, através de ações de valorização da vida, procurando principalmente inserir a conscientização sobre a responsabilidade durante a condução de veículos em geral. Esse projeto está voltado a todos os motoristas, sejam estes motoristas profissionais, motoristas não profissionais e todos os seus familiares e comunidade em geral.

Só para que se tenha uma noção da importância desse projeto, algumas indústrias embarcadoras de cargas já exigem que seus prestadores de serviço de transporte possuam o SELO de TRANSPORTADORA DA VIDA, visando associar seus produtos a empresas que atuem com responsabilidade social.

O PROGRAMA TRANSPORTADORA DA VIDA estimula o desenvolvimento de ações educativas e sociais, sendo uma referência nacional em certificação de qualidade cujo foco está na educação e segurança no trânsito. As transportadoras de cargas e operadores logísticos que aderem ao programa, ao comprovarem terem desenvolvido ações voltadas à educação no transito são certificadas a partir de um criterioso processo de avaliação.

Para quem ainda não conhece a história, a Fundação Thiago de Moraes Gonzaga foi criada em 13 de maio de 1996 pelo casal Régis e Diza Gonzaga, pais do Thiago, cerca de um ano após o falecimento do filho, ocorrido em um acidente de trânsito, quando o carro em que ele estava de carona chocou-se contra um contêiner colocado irregularmente na rua, em Porto Alegre. Junto com a Fundação Thiago de Moraes Gonzaga nasceu o programa Vida Urgente, que tem como missão valorizar e preservar a vida. Para isso, mobiliza a sociedade buscando desenvolver uma mudança de comportamento através de ações educativas e culturais.

O GRUPO DARCY PACHECO abraça essa causa, pois também acredita em um trânsito sem violência.

Pelo fato de sermos uma empresa referência no mercado estamos conscientes de que devemos desempenhar nosso papel, promovendo ações contra a violência no transito, conscientizando nossos colaboradores e seus familiares.

Contamos com empenho de todos pra que mais um projeto de nossa empresa encontre o sucesso que sempre obtemos. A partir da adesão ao PROGRAMA, o GRUPO DARCY PACHECO recebe o selo de EMPRESA ADERIDA do PROGRAMA TRANSPORTADORA DA VIDA.

Aeromóvel, um transporte muito especial!

O Grupo Darcy Pacheco tem orgulho de ter participado de mais um fato histórico, não apenas para a cidade de Porto Alegre, para o Estado do Rio Grande do Sul, para o Brasil e para o Mundo.

Ter transportado o 1º Aeromóvel do país e da América Latina, foi um “peso imensurável”, uma responsabilidade da grandeza de todos os nossos parceiros:  Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. – Trensurb;  T´Trans Sistemas de Transportes S.A.; Aeromóvel Brasil S.A. Mas, o nosso nome já confirma – Grupo Darcy Pacheco Soluções de Peso.

Agradecemos a  confiança recebida, onde exige de nós, empresa e profissionais, continuarmos buscando um trabalho diferenciado, de excelência, superando sempre todas as expectativas de nossos parceiros, não apenas tecnicamente, mas através de relações, construídas e alicerçadas sobre pilares de confiança, comprometimento, transparência e acima de tudo respeito.

Na certeza de que esse fato histórico, construído há muitos anos pelo Eng. Oskar Coester, será um marco no desenvolvimento de um novo transporte, moderno, eficiente, econômico  e não poluente, que servirá de modelo para outros Estados, estaremos sempre contribuindo para esse sucesso.

O Grupo Darcy Pacheco esteve presente desde o início do Projeto Aeromóvel, transportando os módulos e pilares das estruturas de todo o elevado, através de nossa parceria com a Construtora Premold Ltda.

Parabéns a Porto Alegre, parabéns ao Estado do Rio Grande do Sul e parabéns ao Brasil, pois esse Projeto esteve nas mãos (inteligência) de grandes empresas: Trensurb, Aeromóvel, T´Trans, Premold e, fundamentalmente de seu criador, Eng. Oskar Coester. O sucesso é o resultado natural de tantos talentos trabalhando juntos em prol do desenvolvimento da Cidade, Estado e País.

Da esquerda para a direita:

Sr. Janio Aires – Jornalista Trensurb

Sr. Oskar Coester – Inventor do Aeromóvel

Sr. Newvani Correa – gerente de logística Grupo Darcy Pacheco.

Sr. Humberto Kasper – presidente da Trensurb

Gilmar Scarsanello – motorista da carreta

Superintendente de Desenvolvimento e Expansão da Trensurb, Ernani Fagundes

 

 

Primeiro veículo do Aeromóvel do Aeroporto é içado e instalado nos trilhos

veículo é ajustado aos trilhos

Após uma viagem de dias desde a fábrica no Rio de Janeiro, chegou a Porto Alegre o primeiro veículo do Aeromóvel do Aeroporto de Porto Alegre. O veículo, denominado A-100, tem capacidade para 150 passageiros, e foi construído com materiais leves e modernos, cumprindo o objetivo do sistema Aeromóvel de ser um meio de transporte de capacidade média com baixo peso morto e baixo custo.

Diante de dezenas de profissionais de imprensa e outros espectadores interessados, o veículo foi içado por dois guindastes às 11h12min de hoje e, após 20 minutos de manobras delicadas e ajustes precisos, foi finalmente instalado nos trilhos da via permanente. Os trabalhos da instalação seguem à tarde com a instalação do mastro e placa de propulsão no veículo, inseridos no duto através de uma abertura destinada a manutenção.

Feita esta instalação, serão necessários alguns meses para ajustar os detalhes operacionais do sistema, tais como controle de propulsão, eletrificação do veículo, abertura de portas e etc. A previsão é que o veículo entre em operação comercial no segundo semestre deste ano. O sistema será dotado ainda de um segundo veículo, de maior capacidade, cuja montagem iniciou recentemente. Os veículos percorrerão um trajeto de 998 metros, interligando a Estação Aeroporto do Trensurb ao Terminal de Passageiros 1 do Aeroporto Salgado Filho. O percurso será tarifado de forma integrada ao Trensurb, permitindo a baldeação entre os dois sistemas sem nenhum custo para o passageiro.

O Blog Porto Imagem esteve presente a este importante evento, tirando fotos e conversando com os envolvidos. Testemunhamos a seriedade do trabalho das empresas envolvidas na operação, bem como a emoção estampada nos rostos dos que batalharam para ver esse dia chegar, como Oskar Coester (inventor do Aeromóvel) e Diego Abs (engenheiro responsável pelo projeto). Saudamos a todos os envolvidos, e restamos ansiosos pelo início das operações.

We cannot display this gallery

 

Fonte: Porto Imagem Blog.

Primeiro veículo do aeromóvel chega ao Estado

Veículo chega a Porto Alegre no sábado. Linha ligará o Trensurb e o aeroporto Salgado Filho.

Após 35 anos de espera, finalmente chegou ao Rio Grande do Sul primeiro vagão de aeromóvel do Estado. Fabricado no Rio de Janeiro, o A100, protegido por uma lona, está sendo transportado para Porto Alegre desde a terça-feira. Por volta das 13h20min, o veículo cruzou a fronteira e entrou no Estado.

Sobre um caminhão da Darci Pacheco, o transporte, que começou em Três Rios, terminará na manhã de sábado em Porto Alegre, quando o equipamento será içado e colocado na elevada construída entre o trensurb e o Aeroporto Salgado Filho.

Este primeiro veículo é transportado por um caminhão especial, com seis eixos, que trafega a, no máximo, 60 km/h. Monitorado 24 horas via satélite, o transporte é realizado por dois motoristas.

Segundo o gerente de logística do grupo Darcy Pacheco, Newvani Cirolini Correa, o veículo, que não é acompanhado por escolta, só pode rodar de dia.

— É como se estivéssemos transportando o Rio Grande do Sul todo dentro de uma carreta — afirma Correa.

Um segundo veículo, com o dobro da capacidade, virá a seguir. O projeto ligando a estação da Trensurb ao Terminal 1 do aeroporto custará R$ 37,8 milhões.

Confira as primeiras imagens do aeromóvel no Estado:

Fonte: Zero Hora